Liza Ambrossio

A fúria da devoção
Algum tempo atrás, decidi mudar minha vida da maneira o mais extraordinária possível. Olhei para dentro e involuntariamente lembrei-me da frase que minha mãe me contou da última vez que a vi quando tinha dezasseis anos - "Desejo-te boa sorte e, acredita, espero que te tornes forte e corajosa, para que sejas implacável quando chegar a hora de destruir o teu corpo e esmagar a tua alma na próxima vez que nos virmos”. Depois de um avassalador colapso emocional, comecei esta série de imagens misturadas com telas e fotografias pictóricas do meu arquivo familiar para convidar os observadores a mergulharem em si mesmos, na minha psicologia. “A fúria da devoção” é um projeto de vudu capaz de reconstruir uma parte da história pessoal e contemporânea de muitas mulheres dispostas a emancipar-se das estruturas sociais que lhes foram predispostas. Por meio da narrativa escrita, exercícios de manipulação psicológica, contrafeitiços, autorretratos e associações de imagens desenvolvidas desde a adolescência até a idade adulta, Ambrossio constrói uma narrativa representativa da história da sua própria loucura e o reflexo do caos no seu país de origem.