Fred Huning 

DREI - THEM AND ME


Era uma vez um homem e uma mulher. Eles estavam loucamente apaixonados, passavam o tempo todo juntos, partilhavam as mesmas ideias e sonhos. Mas um dia, um outro homem apareceu. Muito mais jovem, mais bonito, mais giro. A mulher apelidou-se então de mãe e designou o seu amante e homem, como pai. A mulher partilhava agora, cada minuto do seu tempo com o jovem rapaz. Ela alimentou-o: deu-lhe os seios para que bebesse, e o seu corpo para que se aquecesse. O homem passou a sentir-se desenquadrado e estranho. Não existia mais ELA e ELE, agora eram ELES e ELE. Mas como o homem era fotógrafo de profissão, fez o que melhor sabia: tirar fotografias. Ele estava sempre por perto da mulher e do jovem rapaz. O homem observava cada respiração deles, cada movimento que faziam, cada passo que davam, cada palavra que diziam, cada jogo que jogavam. DREI é a palavra alemã para "três".


Carpintarias de São Lázaro 


fred_huening_them_and_me_07

Fred Hüning estudou na Escola Ostkreuz em Berlim. O seu trabalho trata maioritariamente de assuntos ligados à intimidade humana, natureza, e o que ele chamou de „The Things of Life“. Em 2007 recebeu o Prémio Art Prize for Photography Berlin-Brandenburg  pelo seu trabalho de graduação "einer". A sua trilogia de livros fotográficos "einer", "zwei" e "drei" foi publicada em 2010/11 pela Peperoni Books de Berlim. Em 2013, a trilogia foi convidada pela curadora Susan Bright para a sua exposição coletiva e livro 'Home Truths: Photography and Motherhood’. Em 2013, a sua monografia "one circle" (baseada na trilogia) foi publicada. Em 2017 o seu segundo livro trilogia "two mothers" foi publicado. O seu trabalho foi exibido em festivais de fotografia em toda a Europa, incluindo Reggio Emilia, Darmstadt, Leipzig, Łodz, Kaunas e Arles. As exposições individuais incluem Gallery Brotfabrik Berlin e Westwerk Hamburg. As exposições coletivas incluem 'Home Truths' na The Photographers´ Gallery London, MoCP Chicago e Belfast Exposed. Em 2019 "einer" foi destaque no livro "Photography Decoded", publicado pela TATE London.

en_GBEnglish