ADÉL KOLESZÁR

Adél Koleszár - Only have faith

Nos últimos anos, o foco do meu trabalho tem sido a violência humana e a maneira como sua receção deixa traços permanentes na cultura, reestrutura a sociedade e o eu humano. Vivo e trabalho no México com o objetivo de concluir a minha pesquisa visual sobre este assunto, procurando movimentos culturais, atividades de grupo e destinos individuais que existem como consequência da violência persistente. O meu objetivo é estar envolvida de uma proximidade íntima para testemunhar e capturar a essência destas realidades, envolver fortemente os espectadores, a nível emocional e mental, nos tópicos com os quais trabalho e dar ao público outra perspetiva sobre o porquê do estilo de vida destas pessoas pode muitas vezes parecer controverso e condenado, embora eu acredite que a chave esteja sempre no brutal sistema social e político.

O meu objetivo é dar voz aos que não têm voz, dar visibilidade às pessoas que são párias sociais e vítimas de injustiça, apresentando conflitos sociais contemporâneos num contexto e narrativa diferentes dos jornais. O ponto focal das fotografias é algum vestígio físico de violência (uma cicatriz, uma contusão ou um canal simbólico), enquanto os remanescentes não físicos da agressão - um olhar, expressão facial, pose ou algum espaço físico acompanhado de texto, entrevistas, ou mesmo som - são deixados para o espectador interpretar, assim a história pode tornar-se um todo novamente, questionando a fé, a natureza humana e o comportamento humano.

Ao trabalhar muito com o tema da violência, o meu interesse também se voltou o exame do comportamento humano,

Uso diferentes métodos de trabalho para me envolver nos tópicos, tais como fazer parte dos grupos sociais reais, para me envolver nas suas atividades a longo prazo. Com o objetivo de trabalhar os meus tópicos, utilizo meios mistos: trabalhando com técnicas digitais e analógicas, alternando entre médio formato e instantâneos - dependendo do contexto e da narrativa que gostaria de retirar. Tento diferentes métodos para representar os temas reais, nas fotografias, transformando as histórias em livros, instalações, obras em vídeo, a fim de proporcionar uma compreensão mais ampla para o público.

 

BIO

Adél Koleszár (n. 1986 Hungria) é uma fotógrafa que vive na Cidade do México, originária da Hungria. Completou um mestrado em fotografia na Universidade de Arte e Design Moholy-Nagy, em Budapeste, depois de uma licenciatura em ciências sociais. Nos últimos anos, tem trabalhado no México, com o objetivo de concluir sua pesquisa visual sobre a violência humana e como ela reestrutura a sociedade. Em 2013 chegou ao país graças ao Programa Governamental do México de Residências para Artistas, em 2014 o seu projeto sobre religiões contemporâneas no México foi selecionado como finalista no Magnum Photos & Ideastap Photography Award, em 2016-17, recebeu a bolsa Pécsi József, que apoia o trabalho de jovens fotógrafos húngaros.  Foi a única expositora da secção Discovery Show do Fotofestiwal Lodz, seu livro "New Routes of Faith" foi selecionado no Unseen Photography Dummy Award. O seu trabalho foi amplamente exposto e publicado no seu país e internacionalmente, entre Berlim, Cidade do México, Nova York, Arles, Viena, e teve destaque no Foam Spotlight, Vice México, Revista Fotografia, Der Grief. Em 2018 fez parte da seleção Ones to watch do British Jornal of Photography, foi nomeada para a Joop Swart Masterclass e fez parte do Robert Capa Grand Prize. Adél fez parte do Capa Grand Prize em 2017, e foi incluída na seleção Ones to Watch do British Journal of Photography em 2018.

adel01
pt_PTPortuguese
en_GBEnglish pt_PTPortuguese