MAXIM IVANOV

Não é na luz que vivemos - é na escuridão sem fim com alguns raros vislumbres de luz, enganadores como um sonho. E encontrar um raio de luz é uma ciência real. As crianças - vencedores da Olimpíadas Escolares em Astronomia de Toda a Rússia - assumiram isso mais cedo que outros. Quando os olhos deles ainda não estavam habituados à escuridão. Os nossos heróis procuram estrelas. São o pé de estrelas, que acaba de ganhar vida e aprender a ver, ao olhar através de um telescópio, um morto e cego. Ainda assim, a questão é: estas estrelas em ascensão da humanidade, que o são, serão bem-sucedidas a conseguir trazer alguma luz ao nosso mundo vazio e escuro? Daqui a trinta anos, tentaremos encontrar nossos heróis e tirar novas fotos - o mais nítido possível desta vez. Qual deles conseguirá atravessar as trevas do mundo adulto e qual falhará e desaparecerá para sempre? Winners comemora os vencedores das Olimpíadas Escolares em Astronomia de Toda a Rússia. Imediatamente após o anúncio dos resultados, Ivanov usou um telescópio invertido com uma câmara de filme acoplada à lente frontal para fotografar as crianças bem-sucedidas. "Literalmente distanciei essas crianças de mim, de modo a que, na vastidão de um fotograma de 35 mm, elas tornaram-se pequenos momentos perdidos", diz ele. “Depois, procurei por eles nos negativos com um microscópio e documentei constantemente todas as minhas descobertas. E nesses documentos, cada vencedor apareceu como um evento de escala galáctica.”


BIO

Maxim Ivanov é um artista/fotógrafo de Moscovo. O seu trabalho gira à volta de noções de devir heraclitiano, da vontade de poder nietzschiana e das definições burkeanas do sublime. Os seus projetos questionam o que significa ter se tornado algo num mundo em constante mudança. Educação: Fotografia BA (Hons), Universidade de Hertfordshire Residência Artística: Casa do Artista Jaime Isidoro, Vila Nova de Cerveira, Portugal Prémios: Photobookfest Prémio Maquete: menção honrosa (2018) Annual Creative Review Photography: vencedor (2017) Photobookfest Prémio Maquete: finalista (2017) D&AD New Blood Awards: vencedor (2016) D&AD New Blood Awards: vencedor (2015) Exposições individuais: “Winners”, Pavilhão Cosmos no VDNH, Moscovo, Rússia (2019) “Winners”, galeria Buksir, Lipetsk, Rússia (2019) “It's a Trap!”, Fundação Cultural Ekaterina, Mosovo, Rússia (2019) Exposições coletivas selecionadas: XX Bienal de Cerveira, programa principal, Vila Nova de Cerveira, Portugal (2018) Contrast-Construct, programa especial da 6º Bienal Internacional de Moscovo para a Arte Jovem, Moscovo, Rússia (2018) A Cidade dos Artistas, os Artistas da Cidade, Museu de Moscovo, Moscovo, Rússia (2016)

Max02
pt_PTPortuguese
en_GBEnglish pt_PTPortuguese