PAULO CATRICA

Paulo Catrica – prospectus


Documento, contexto e paisagem, esta série/sequência de fotografias opera como uma arqueologia visual de Lagoa como território económico e social.  Compreende a paisagem como um enunciado cultural afirmando o ponto de vista das fotografias como deliberado, aculturado e político.   Fotografar estes ‘lugares comuns’ esclarece a hipótese de contrariar as categorias visuais estereótipo da paisagem, os monumentos, a história, a natureza sublime ou a arquitetura como objecto. A pretensão destas fotografias é construir um dispositivo crítico e estético que confronte assunto e imagem, convocando o argumento de Jacques Rancière que refere os lugares comuns como instigadores de uma revolução estética: 'On the one hand, the aesthetic revolution is first of all the honour acquired by the commonplace, which is pictorical and literary before being photographic or cinematic. (...) What is cast aside - which was reappropriated by film and photography - was the logic revealed by the tradition of  the novel (from Balzac to Proust and Surrealism ) and the tradition of” 'critical thought' inherited: the ordinary becomes beautiful as trace of the true.


Paulo Catrica


BIO


Paulo Catrica (Lisboa, 1965), estudou Fotografia no Ar.Co (Lisboa, 1985) e História na Universidade Lusíada (Lisboa, 1992). Recebeu o mestrado em Imagem e Comunicação pelo Goldsmith’s College, (Londres, 1997) e recebeu o título de PhD na Escola de Arte e Mídia da Universidade de Westminster (Londres, 2011). Bolsas de investigação do Centro Português de Fotografia (1999), Fundação Calouste Gulbenkian, Londres (2001) e Fundação da Ciência e Tecnologia (2006/2010 e 2014/2017).


Expõe e publica regularmente o seu trabalho desde 1997. As exposições recentes incluem Galeria Presença (Porto, 2016), Centro Internacional das Artes José de Guimarães (Guimarães, 2015), Museu Nacional de Arte Antiga (Lisboa, 2015), C.A.A.A. (Guimarães, 2014), Modern Art Centre, Gulbenkian Foundation (Lisbon, 2013), FruitMarket Gallery (Edinburgh, 2012), The Bluecoat (Liverpool, 2012), Milton Keynes Art Gallery (2011), EDP Museum (Lisboa, 2011), Carlos Carvalho Contemporary Art Gallery (Lisboa, 2011), Circuit Gallery (Toronto 2010) e The Mews Project (Londres, 2011). Fundacio Foto Colectania (Barcelona, ​​2010) e Fundação Calouste Gulbenkian (Lisboa, 2010).


Com Luisa Costa Dias foi curador do projeto Uma Cidade de Futebol, exibido na Cordoaria Nacional, Lisboa (2004) e com Pedro Bandeira a exposição Missão Fotográfica Paisagem Transgénica, exibida no Centro Cultural Vila Flôr, Guimarães (2012), no âmbito do Capital Europeia da Cultura 2012.


Principais publicações, monografias, Memorator (2015), Mode d’emploi (2014), TNSC (2011), Liceus (2005), You are Here (2003) e Periferias (1998).


As suas fotografias fazem parte de coleções públicas e privadas em Portugal, Espanha, Finlândia, Reino Unido, França, Alemanha, Brasil e Canadá. O documentário televisivo Entre Imagens (episódio 7), RTP2 (2014) um projeto coordenado por Sergio Mah e dirigido por Pedro Macedo é dedicado à sua obra.

Paulo catrica02
pt_PTPortuguese
en_GBEnglish pt_PTPortuguese