GALERIA FOCO

GALERIA FOCO – 1.10 a 24.10

(inaugura a 1 de Outubro às 17h00)

Rua da Alegria 34, 1250-007 Lisboa

3ª a 6ª 14h > 19h

Sáb. 14h > 18h


Mia Dudek - Feelers

Feelers” é uma exposição individual de Mia Dudek, onde a artista apresenta uma série de novas obras. A prática de Dudek é influenciada por uma arquitectura habitacional brutalista e pelos fenómenos globais de urbanização. O seu trabalho investiga a tensão e as interligações entre o corpo humano e as formas arquitectónicas. Dudek examina a noção de desprendimento do corpo da estrutura dada e procura novos meios de representação visual e física da existência humana.

A exposição visa observar o derrame sobre os limites da existência corporal e a liminaridade tanto do mundo sensorial como do arquitectónico. A narrativa principal é o esforço habitual dos seres humanos e a sua alienação através da repressão dos corpos e da paisagem circundante. O jogo de palavras de “feeler” - um órgão animal como uma antena que é utilizada para testar coisas pelo tacto e “filler” - uma coisa colocada num espaço ou recipiente para o encher, é fisicamente articulado pela seleção de obras. Na Galeria Foco Dudek cria um ambiente sensorial com a fluidez de formatos entre a fotografia tradicional de estúdio, imagens de estruturas de habitação e objetos independentes feitos de betão, silicone e látex.

A nova série de fotografias tiradas em Lisboa - Inhabited - retrata as condições de vida das habitações. O que mais impressiona são as fendas e círculos visíveis, janelas, estruturas de betão utilizadas para encher os poros e grãos, a insuficiência de determinado espaço para os seres humanos, a perigosidade e a sua banalidade. A série -Fruiting Body- está em oposição. As formas apresentadas são fluidas, naturais e com várias camadas. É um corpo que se acumula como um parasita, vivendo em função da sua base, que define o seu ser. As séries unificadoras de ambas as estruturas são, de alguma forma, objectos colocados na galeria em conformidade. Composições moldadas em materiais sintéticos utilizados para cobrir ou preencher a lacuna, ressoam a tangibilidade do espaço e do corpo de obras de Dudek, abordando a ideia de proximidade.

‘Feelers’ tende a experimentar uma poética física e uma experiência sinestésica. A exposição tem as suas raízes na mitologia do desempenho humano, incorporando elementos e estruturas antropomórficas. O artista utiliza consciente e repetitivamente meios e materiais, que provocam questões sobre as suas estátuas metafísicas. Através da vacilação entre a estrutura humana e a estrutura material, Dudek constrói a história contínua do que é transmitido e do que possivelmente poderia ser redefinido.

 

BIO
Mia Dudek é uma artista polaca, que trabalha entre Londres, Libson e Varsóvia. Dudek licenciou- se no London College of Communication em 2012 e em 2016 concluiu o seu mestrado no Royal College of Art, Londres, como bolseira do Leverhulme Scholarship Award pela seu portfólio distinto. Actualmente está a fazer o seu doutoramento na Faculdade de Belas Artes da Universidade de Lisboa (FBAUL).

O trabalho de Dudek tem sido apresentado em várias exposições por toda a Europa, bem como em publicações, incluindo Source Magazine, LYNX Contemporary e 24 Artists to Watch by Modern Painters, Dezembro de 2014. Em 2018 recebeu o Prémio Especial Anamorfose do Júri pelo seu livro auto-publicado MDAM, que se encontra agora na colecção da Biblioteca do MoMA em Nova Iorque. Em Maio de 2019, o Fórum de Arte tem participações na exposição Marsyas da Critic’s Pick em Galerist, Istambul, com curadoria de Nick Hackworth.

pt_PTPortuguese
en_GBEnglish pt_PTPortuguese